segunda-feira, 26 de outubro de 2009

DEZ COISAS QUE AMO EM VOCÊ, IGREJA.


NOTA: Quando me refiro à igreja na lista abaixo, estou pensando na igreja orgânica, invisível aos olhos humanos, aquela que só Deus conhece como Seu único e exclusivo remanescente fiel, a noiva de Cristo, composta dos filhos e súditos do Reino. É essa igreja que amo e sou membro.
Que mais amo em ti?
1. AMO TUA VOCAÇÃO PROFÉTICA. Quando exerces teu papel profético de denunciar o mal e delatar a injustiça e quando desmascaras corajosamente o rosto imundo da corrupção e serves tu mesma de espelho, para o mundo ver Jesus refletido em teu semblante.
2. AMO TUA CORAGEM DESTEMIDA. Quando desfazes os altares da vaidade, desbancas os postes ídolos do abuso de poder, detonas os totens dos falsos profetas e pastores fingidos, esses que amam a popularidade, a fama e o dinheiro e arrastam milhares de incautos à decepção e à tristeza irreversíveis, até que tu venhas e a ser alento e ponto de apoio para voltarem a caminhar, Para depois correrem livres e voarem em direção a uma vida pujante de alegria e liberdade em Cristo, nunca dantes experimentada.
3. AMO TEU AMOR DESMEDIDO. Quando te identificas com as pessoas às quais tu proclamas a verdade do Evangelho, amando-as incondicionalmente, vendo sempre o bem no outro, e incluindo-o como teu semelhante e irmão de caminhada. Se acontecer algum processo de seleção no final, cabe a Deus fazê-lo, como prerrogativa exclusiva Dele.
4. AMO TEU TESTEMUNHO IMPOLUTO. Quando, em alguns pontos luminosos de tua história, e ainda hoje se vê rasgos nítidos de tua original missão de servir de ponte de retorno entre o mundo perdido e o seio do Pai, de ser farol de referência, lucidez e honradez aos que estão à deriva na correnteza do mar da corrupção, e ser rocha firme aos que afundam na areia movediça das certezas relativizadas.
5. AMO TUA HUMILDADE, À SEMELHANÇA DE TEU MESTRE. quando te conscientizas que teu lugar é servir no vale escuro da dor e da rejeição e não no topo do mundo, debaixo dos holofotes e flashes da fácil aceitação.
6. AMO QUANDO TE MOSTRAS MADURA EM TUA PROPOSTA DE SANTIDADE. Quando descobres que o caminho da maturidade rumo à santidade é o da experiência do andar vivencial com Jesus, e não a freqüência compulsória a um culto, e a liberdade consciente como a melhor forma de amadurecimento em direção ao céu.
7. AMO TUA ESTRATÉGIA INTELIGENTE DE CONQUISTAR O MUNDO. Quando adotas a teologia encarnacional da identificação participativa e te imiscuis no meio do mundo de forma sutil, subversiva, sem alarde e autopromoção, e através de recursos didáticos criativos se utilizando da cultura e das artes, consegues mudar os rumos da história.
8. AMO TUA OBJETIVIDADE FULMINANTE. Quando não fazes “cavalo de batalha” com coisas inúteis e irrelevantes para a vida como defender doutrinas humanas, dogmas e tradições de usos e costumes, e por outro lado, enfatizas o que é essencial para a vida aqui e o porvir, como incorporar o Evangelho Simples, amar a Jesus, vivenciar o amor entre os irmãos, reunir com os amigos para conversar, assistir o necessitado, abrigar o sem casa, dar alimento ao faminto e prover uma base sólida de educação aos que não teria nenhum futuro consistente e a chance de poder sobreviver nessa sociedade de lobos vorazes que dilaceram o ânimo dos fracos e despedaçam a esperança dos pequeninos. Mas aguarde com paciência o terrível julgamento que recaíra sobre toda a alcatéia desses predadores insaciávais, por tocarem nesses amados pequeninos do Senhor...
9. AMO TEU SENSO AGUÇADO DE JUSTIÇA E MISERICÓRIDIA. Quando usas sabiamente a disciplina bíblica como elemento de cura e inclusão dos que entre ti fraquejam e tropeçam, levando-os invariavelmente ao retorno feliz, e curados, se levantam para ser referencial de vida a tantos outros que caem e tropeçam na caminhada.
10. AMO TUA MISSÃO BASEADA NA COMUNHÃO VIVENCIAL COM O MUNDO. Quando compreendes claramente que o “ide” não é um imperativo, mas “indo”, um gerúndio de convivência relacional no dia-a-dia, dando idéia de “enquanto vão, preguem”. Isso envolve a necessidade da saída do reduto quentinho e confortável do templo para a convivência despretensiosa lá fora, e sem segundas intenções, encontrar as pessoas em seus habitats, áreas de convivência, trabalho e lazer, e se tornando uma delas, fazer o Evangelho conhecido pelo servir sem nenhuma pretenção, a não ser aquela de gerar grandes amizades com os que compartilham conosco a mesma jornada de vida. Tal qual Jesus faria...

QUANDO AGES ASSIM, VIVES O QUE É SER IGREJA NO MUNDO E ENTENDES QUE SER IGREJA É MUITO MAIS DO QUE VEMOS POR AÍ... APESAR DE SER IMPRESSIONANTE O NÚMERO DOS QUE SE JACTAM PERTENCEREM AS TUAS FILEIRAS.

9 comentários:

markeetoo disse...

É rapaz! Ver que isso ainda existe, por mais que seja minoria, me motiva e me inspira. Também amo essa igreja descrita aí e peço forças de Deus todo dia pra fazer parte disso!!
Belo texto!

Dário Estevão disse...

Olá Manoel,

O seu outro artigo (10 coisas que Odeio) deu o que falar em nosso blog. Muitos confundiram com a igreja espiritual.

Infelizmente a sua lista está relacionada a Igreja Espiritual e não a institucional. Eu queria ver em relação a a essa igreja. Sei que vai ser difícil mas será interessante. Mas esta lista é bastante válida, apesar de pouco se ver por aí.

Sei que a metade dessa lista fosse seguida a nossa igreja insticional estaria muito melhor do que é hoje.

Anseiamos por isso um dia.

Estarei ecoando este seu artigo em nosso blog.

Abraços
mpvida.wordpress.com

Edjane disse...

Desde ontem estava tentando parar para ler esse texto pq queria ler com calma, muito lindo e inspirador. Amei o texto o blog tá cada dia melhor Parabéns!

Danilo Fernandes disse...

Levei comigo Manuael!

Grande abraço!

Danilo

Anônimo disse...

Olá irmão Manoel
Que saber que ainda poderemos contar os "7000", ou seja, aqueles que ainda não se dobraram a mamon.
Jose Jaime
jjaimebarbosa@ig.com.br

Fabio Amaral disse...

Excelente texto, parabéns pelo discernimento e obrigado por compartilhar... posso postar nas comunas do orkut??... Rsrsrs!

Fabio disse...

Com certeza esse texto não serve p/ "igreja" denominacional(institucional)...

Micael Pinheiro Silva disse...

Essa é a igreja invencível. Contra a qual as portas do inferno não prevalecerão. Essa é a que eu quero fazer parte.

Gui disse...

Essa é a igreja verdadeira, a que Jesus ama com amor eterno, a que Ele elegeu antes da fundação do mundo pra viver em boas obras.
Essa é a igreja q tenho aprendido a ser e a amar. Anseio por viver assim todos os dias da minha vida.
Muito bom Manel!